• 1
  • 2
  • 3

Bienvenido a Singular.

Especialistas en Dolor a Su Servicio

Información

Conoce los Tipos de Dolor y Tratamientos

Blog Singular
  • VULNERABILIDADE OU PERFEIÇÃO?

    VULNERABILIDADE OU PERFEIÇÃO?

     Ganhei de uma querida paciente o livro “A Coragem de ser Imperfeito”. Aproveitei minha viagem ao México para poder “devorá-lo”. Neste livro da pesquisadora Brené Brown, pude apreciar um outro olhar do que significa vulnerabilidade.

  • PRIMEIRA AÇÃO SOCIAL DOS EXPEDICIONÁRIOS DA DOR

    PRIMEIRA AÇÃO SOCIAL DOS EXPEDICIONÁRIOS DA DOR

      Em João Pessoa-PB, realizamos neste fim de semana nosso primeiro mutirão de tratamento de dor. Foi simplesmente fantástico! Nada seria possível sem a organização local do nosso amigo Humberto Arcoverde, da participação de todo

  • Dores no quadril: o que pode ser?

    Dores no quadril: o que pode ser?

    Conviver com dores no quadril não é nada fácil, não é?! Responsável por uma articulação muito importante do aparelho locomotor, o quadril faz a conexão do nosso tronco com os membros inferiores e dada esta

  • Dores na região do pescoço: como lidar?

    Dores na região do pescoço: como lidar?

    Rotina de trabalho estressante, congestionamentos no trânsito, problemas e preocupações diárias. Posso apostar que você também já sentiu pulsar a tensão nos ombros e dores no pescoço após um dia cheio. É comum ter dores

  • 1

A dor de cabeça, ou cefaleia, é um dos tipos mais comuns de dor em todo o mundo. Estudos mostram que mais de 90% da população mundial teve ou terá pelo menos uma dor de cabeça na vida. Cerca de metade delas as tem com frequência. A dor de cabeça não é uma condição simples: há mais de 150 tipos de cefaleias catalogadas.

A divisão mais básica entre as dores de cabeça é entre as cefaleias primárias e as secundárias. As secundárias são dores causadas por uma outra doença, como tumores cerebrais, infecções ou doenças circulatórias. Já as primárias não têm nenhum outro transtorno como causa.

Há diversos tipos de cefaleia primária. Aqui, vamos abordar dois tipos muito comuns: a enxaqueca e a cefaleia tensional.

A enxaqueca, também chamada de migrânea, acomete cerca de 15% da população brasileira, sendo mais frequente no público feminino. Trata-se de uma das principais causas de falta ao trabalho: estima-se 4 dias perdidos por ano.

O fator hereditário é importante: uma pessoa cujos pai e mãe sofram de enxaqueca tem 75% de possibilidade de ter o mesmo problema. O consumo de alimentos como queijo, chocolate, café, bebidas alcoólicas, tabagismo e até mesmo a falta de sono podem desencadear uma crise.

As crises de enxaqueca são latejantes, de moderada a forte, acompanhadas de intolerância à luz (fotofobia) e a sons (fonofobia), além de náuseas e vômitos. A dor costuma piorar com atividades físicas de rotina. Geralmente, as dores acontecem de um só lado da cabeça. Entretanto, a dor é individual e essas características podem variar de pessoa para pessoa.

As cefaleias do tipo tensional costumam apresentar dor de intensidade leve a moderada, não latejante, localizada em toda a cabeça, que não piora com a atividade física. Intolerância a luz e sons são raras, assim como náuseas e vômitos.

O tratamento da cefaleia pode envolver diversas opções. Entre elas, o medicamento é um importante recurso, mas é importante esclarecer que, para isto, é fundamental procurar um médico. A auto medicação, apesar de frequente no Brasil, é um hábito muito perigoso, que pode acarretar diversas complicações.

Além dos remédios, as crises de cefaleia podem ser evitadas ou atenuadas a partir de um trabalho interdisciplinar, que envolva Fisioterapia, Terapia Cognitivo-Comportamental e Acupuntura, entre outros.

Servicio de Alta Calidad

Equipo profesional especializado en dolor. Amplia experiencia en Brasil y en el extranjero. De modernas instalaciones y bien equipado. Entorno cuidadosamente planeado para máxima comodidad del paciente, desde las imágenes a las canciones.

  • Mari

    Mari

    "Já tinha consultado inúmeros médicos sem resultado algum...o Singular fez toda a diferença no momento crítico pelo qual passei. Além dos profissionais competentes, o tratamento humanitário foi destaque durante o tratamento." Lea Más
  • Marcelo

    Marcelo

    "23 anos de dor lombar crônica. No começo de tudo a dor era insuportável, 24 hs por dia; nessa época já não esperava mais nada, era como mais uma consulta, mas foi através do tratamento de bloqueios e fármacos específicos Lea Más
  • Priscilla

    Priscilla

    "Confio plenamente em toda equipe que cuida de mim...estou evoluindo cada dia mais...minha vida não parou." Lea Más
  • Lucinda

    Lucinda

    Acho que nunca me acostumei com a dor, e saber que era possível me livrar dela me fez chegar até aqui, um lugar tão Singular, que certamente simbolizará um novo jeito de caminhar, um novo destino com projetos e possibilidades. Lea Más
  • Omar

    Omar

    DR CHARLES e DR FABRÍCIO dois Profissionais e dois seres humanos , sem palavras..... Lea Más
  • Marcelo

    Marcelo

    No início de 2013 comecei a sentir dores constantes na região cérvico-toráxica. Não sabia as causas e muito menos o diagnóstico para aquele incômodo muscular que passou a ser diário. Com o passar do tempo a dor começou aumentar de intensidade e de duração. Lea Más
  • Anderson

    Anderson

    É difícil mensurar minha satisfação atual, assim como era difícil suportar tanta dor e sofrimento pelo qual passei quando do início de meu tratamento junto à clínica singular, em especial pelo atendimento prestado pelo Dr. Charles. Lea Más
  • Gláucia

    Gláucia

    Procurei o Dr. Fabrício em decorrência de um pós operatório frustrado. Cheguei a primeira consulta totalmente fatigada, abaixo do meu peso, muita olheira por  noites mal dormidas e com uma grande expectativa quanto a solução para o alívio das dores Lea Más
  • Rodrigo

    Rodrigo

    Assim como o ano de 2016, o de 2017 para mim inicia-se com um enorme otimismo e as melhores expectativas possíveis! Todo esse otimismo está embasado no belíssimo papel que a Clínica SINGULAR desempenha em minha vida e na de Lea Más
  • Rosalva

    Rosalva

    Quero agradecer à toda equipe da Clínica Singular, todos, sem exceção, atenciosos, sempre presentes e muito gentis.  Em especial ao fisioterapeuta Rodrigo Vasconcelos que me auxiliou com exercícios e após conversar com o Dr. Rafael Barreto Silva  do Instituto da Lea Más
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10